Acidente de Trabalho na Indústria: como evitar?

Acidente de Trabalho na Indústria: como evitar?

De acordo com a Lei nº 8.213/91, sobre os Planos da Previdência Social, o acidente de trabalho é definido pela lesão corporal ou perturbação funcional que cause morte, perda ou redução – permanente ou temporária – da capacidade de trabalho, e que ocorre pela execução de atividades a serviço de uma empresa.

Você da indústria, com certeza, já deve ter presenciado ou ouvido falar em algum acidente de trabalho, não é?

Como um acidente de trabalho pode ocorrer?

Todos os anos, uma grande quantidade de acidentes de trabalho ocorrem na indústria, que podem ser causados por diversos fatores, como a desatenção, a utilização inadequada de EPIs ou as condições insalubres do meio ambiente de trabalho.

Na maior parte dos casos, a empresa deve se responsabilizar e indenizar o trabalhador acidentado.

Segundo dados do Ministério Público do Trabalho, é estimado, pela Organização Mundial do Trabalho, que apenas um em cada sete acidentes são notificados.

Além disso, todos os dias, a cada 3h, 38 minutos e 43 segundos, um trabalhador ou uma trabalhadora morre vítima de acidente de trabalho. A cada 48 segundos, um sofre acidente.

Diante desses fatos, é fundamental que os gestores invistam na cultura de segurança entre sua equipe e que os trabalhadores colaborem também, através do uso correto dos EPIs, por exemplo.

Pensando nisso, reunimos dicas super importantes para que acidentes de trabalho sejam evitados. Confira!

Incentive a utilização dos EPIs e EPCs

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) ou de Proteção Coletiva (EPCs) são utilizados por uma pessoa ou por uma equipe, para que a ocorrência de lesões em algum processo sejam evitadas. Existe até uma NR para os Equipamentos, a NR-6!

Esses equipamentos são fundamentais quando falamos de evitar acidentes de trabalho, pois aumentam a segurança tanto dos colaboradores quanto da empresa, que não terá que enfrentar processos trabalhistas, por exemplo!

A empresa precisa fornecer equipamentos de segurança com qualidade e tipo de EPI/EPC deve ser escolhido de acordo com a atividade que o trabalhador irá realizar.

De acordo com a Lei nº 8.213/91, sobre os Planos da Previdência Social, o acidente de trabalho é definido pela lesão corporal ou perturbação funcional que cause morte, perda ou redução – permanente ou temporária – da capacidade de trabalho, e que ocorre pela execução de atividades a serviço de uma empresa.

Sinalizações em equipamentos e locais são essenciais

É muito comum que o próprio ambiente ou mesmo os equipamentos de má qualidade utilizados pelo funcionário gerem um ambiente propício para a ocorrência de acidentes de trabalho.

Para evitar que isso aconteça, é indispensável que áreas, ferramentas e objetos sejam devidamente identificados e sinalizados quanto aos seus riscos potenciais à saúde ou à integridade física do trabalhador. A NR-26 existe para regulamentar todos os tipos de sinalização de segurança.

Cuidado com distrações

Como já dissemos anteriormente neste post, uma das causas mais comuns do acidente de trabalho é a falta de atenção. É fundamental que potenciais fatores de distração sejam retirados, como músicas e ou outros tipos de ruídos que não sejam necessários nos ambientes de produção.

O local deve estar, também, adequadamente organizado, limpo e bem iluminado, para que a concentração durante a execução das atividades seja maior.

Atenção para a falta de manutenção nos equipamentos!

A falta de manutenção ou uma manutenção inadequada também podem causar potenciais riscos, acidentes de trabalho e problemas de saúde. É um erro cometido na gestão industrial, como já falamos aqui.

Quando há a ausência de manutenção ou existe manutenção, mas é bem precária, existem grandes chances de que ocorram desastres, com consequências extremamente prejudiciais para a vida humana e ao patrimônio da empresa. Isso sem falar dos possíveis danos ambientais!

Um manual de prevenção de acidentes pode ser muito útil

A criação de um manual com a política de segurança da sua indústria é fundamental para evitar acidentes de trabalho!

Nesse documento, é preciso que estejam presentes todas as regras estabelecidas, com uma linguagem clara e acessível para todos.

O fornecimento de treinamentos regulares para a equipe também é importantíssimo, com o objetivo de oferecer informações quanto à política e às medidas de segurança, o desenvolvimento dos processos, a utilização do maquinário e dos equipamentos de proteção…

De acordo com a Lei nº 8.213/91, sobre os Planos da Previdência Social, o acidente de trabalho é definido pela lesão corporal ou perturbação funcional que cause morte, perda ou redução – permanente ou temporária – da capacidade de trabalho, e que ocorre pela execução de atividades a serviço de uma empresa.Qual a diferença entre acidente e incidente de trabalho?

O acidente de trabalho acontece quando algo não programado interrompe a atividade profissional de forma inesperada, causando algum tipo de perda ao trabalhador, seja ela perda de tempo ou danos materiais.

Já o incidente de trabalho é uma ocorrência não planejada com potencial de causar um acidente, mas que não afetou nenhum dos envolvidos, a empresa ou a rotina de trabalho.

Por exemplo: você está andando pelos corredores da fábrica, quando é atingido na cabeça por alguma peça pequena, que se soltou de algum lugar acima de você.

Se estiver usando o EPI (Equipamento de Proteção Individual) de forma correta, você dificilmente será afetado por esse impacto. Isso pode se caracterizar como um incidente de trabalho.

Agora imagine essa mesma situação, mas você não está usando o EPI conforme as instruções de algum superior, é atingido por essa peça na cabeça e se machuca a ponto de não estar apto a dar continuidade com o trabalho. Isso pode se caracterizar como um acidente de trabalho.

Se práticas simples forem adotadas, diversos problemas futuros podem ser evitados!

É importante investir em equipamentos seguros e de qualidade, fornecidos por fabricantes de confiança, que não ofereçam riscos para os trabalhadores e se encaixe perfeitamente na produção em questão. Assim, pode ter certeza que a produtividade dos seus processos será elevada!

Por isso, não dê bobeira e garanta a segurança de todos ao seu redor. E se você for um trabalhador e observar alguma irregularidade, comunique ao seu superior imediatamente. Omitir qualquer observação é contribuir para que acidentes aconteçam.

Compartilhe essa postagem