fbpx

NR-12: A Norma que pode Salvar Vidas!

NR-12: A Norma que pode Salvar Vidas!

A saúde e a segurança de todos no meio ambiente de trabalho são fundamentais e podem ser garantidas seguindo algumas normas básicas. As Normas Regulamentadoras – ou NRs – estão aí para servirem como aliadas do trabalhador, e a NR-12 é a primeira que vem à cabeça quando se trata de máquinas, equipamentos e a segurança dos trabalhadores.

Saiba tudo sobre a NR-12 baixando o nosso eBook gratuito. É só clicar na imagem abaixo:

Qual a importância da Segurança do Trabalho?

Ela é a ciência que estuda e estabelece medidas voltadas para a prevenção de acidentes causados por riscos ocupacionais específicos de cada atividade no meio ambiente de trabalho.

Sabemos que, muitas vezes, o meio ambiente de trabalho pode ocasionar diversos riscos aos trabalhadores, quando as normas não são seguidas corretamente.

A Segurança do Trabalho vem justamente para proteger tanto o trabalhador quanto a empresa!

O que a NR-12 determina?

Criada em 1978 pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a NR-12 tem o objetivo de garantir que máquinas e equipamentos sejam seguros para o uso do trabalhador.

As medidas de proteção indicadas na norma devem ser adotadas pelos empregadores, sob pena de multa caso sejam descumpridas. Para isso, é preciso aplicar medidas de proteção coletiva, administrativas ou de organização de trabalho e medidas de proteção individual.

Análise, Avaliação e Apreciação de Risco

Para evitar um acidente no meio ambiente de trabalho, a ação mais importante a ser tomada é a análise dos riscos, usando as habilidades de um profissional, os critérios da NR-12 e incluindo possibilidades reais de acidentes nessa análise.

Mas qual a diferença entre Análise, Avaliação e Apreciação de Risco?

Análise de Risco: combinação da especificação dos limites do equipamento, identificação dos perigos e estimativa dos riscos
Avaliação de Risco: com base na análise de risco, quanto às metas de redução de risco foram atingidas
Apreciação do Risco: todo o processo que envolve a análise de risco e avaliação de risco

Quais são as maiores causas de acidentes na indústria?

Geralmente, acidentes causados por máquinas e equipamentos ocorrem quando seus operadores violam as regras básicas na prevenção de acidentes com máquinas, que são:

  • Desligar a máquina;
  • Cortar a energia, para que a mesma não volte a ser religada acidentalmente;
  • Sinalizar;
  • Comunicar e, somente depois, agir.

A comunicação e informação possuem papéis fundamentais para minimizar os riscos e os acidentes, uma vez que estes poderiam ser prevenidos se houvesse mais conhecimento e informação sobre as atividades exercidas.

As Normas Regulamentadoras - ou NRs - estão aí para servirem como aliadas do trabalhador, e a NR-12 é a primeira que vem à cabeça quando se trata de máquinas, equipamentos e a segurança dos trabalhadores.

É importante também que haja treinamento para a operação, manutenção, inspeção e demais intervenções a serem realizadas em máquinas e equipamentos. Estas devem ser feitas por trabalhadores qualificados, capacitados e devidamente treinados para que não haja qualquer tipo de risco ou falta de informação.

Você não quer ter problemas com a lei!

Caso esteja com dúvidas sobre estar ou não adequado à NR-12, você pode contratar serviços de consultoria.

É muito importante buscar um fabricante de confiança que forneça equipamentos de qualidade e suporte durante todo o processo produtivo da sua indústria!

Como aumentar a produtividade na sua indústria e garantir a segurança de todos?

A produtividade na indústria nada mais é do que uma combinação entre fatores, como funcionários capacitados e seguros, equipamentos devidos e de qualidade, e processos bem elaborados.

Na indústria, existem diversos tipos de problemas que podem ser solucionados graças à ergonomias e projetos sob medida, que vêm para garantir rapidez, segurança e economia – a longo prazo – para você e a sua equipe.

E se surgir um desafio, que vá além do que muitas empresas podem oferecer?

Calma, existem fabricantes que oferecem soluções personalizadas para cada caso. Algumas indústrias costumam demandar projetos específicos como a automobilística – para a montagem de pneus e elevação de carros, por exemplo – e a de frigoríficos – que sempre exigiu muito esforço físico de seus colaboradores e vêem na automação inúmeros ganhos, como agilidade na produção e o maior controle de falhas.

O ideal é que a indústria não espere enfrentar uma crise para acionar um fabricante de novas engenharias, como ser interditada por estar fora das NR anteriormente citadas, sem manutenção ou pela falha de uma máquina de risco. Por isso, é fundamental pesquisar e escolher um fabricante que forneça soluções de engenharia de qualidade, além de suporte durante todo o processo de automação da sua indústria. E é importante que todos os equipamentos estejam de acordo com as normas regulamentadoras, como a NR-10 e a NR-12, e as normas da ABNT.

Economizar com soluções prontas ou investir em benefícios a longo prazo, só depende de você!

Compartilhe essa postagem


Fale aqui com um consultor!
Powered by